segunda-feira, 1 de março de 2010

Fragmento

Estou Respirando.
Para cima e para baixo.

Para cima e para baixo...
Se Respiro não vejo.

O que eu não vejo não existe?
O que mais me emociona é que o que eu não vejo contudo existe.
Porque então tenho aos meus pés todo um mundo desconhecido,
que existe pleno e cheio de rica saliva.

A verdade está em alguma parte: Mas é inútil pensar.





Um comentário:

  1. Achei você por aqui.
    Bons textos.
    Saudades,Vitor.

    ResponderExcluir

Bem Vindo;